«

»

Nov 27

Objetos Estranhos Próximos ao Sol

Créditos: NASA.

Alguns objetos enormes têm sido observados há vários anos pela NASA em torno de nosso Sol.

Através da missão STEREO composta por telescópios gêmeos posicionados estrategicamente a observar o Sol e através do telescópio SOHO, várias imagens impressionantes e de grande precisão têm sido obtidas.

Segue transcrição traduzida para o Português de uma reportagem feita pelo Tercer Milenio, por Jaime Maussan e Fernando Correa (assista ao vídeo abaixo):

As novas sondas Stereo, que estão observando o Sol de maneira muito próxima, têm nos proporcionado imagens surpreendentes. Cada vez vemos mais objetos muito próximos ao Sol. Esses objetos teriam que ser gigantescos, verdadeiramente gigantescos. Vejam vocês as imagens com Fernando Corrêa:

Em 7 de Outubro de 2010, depois de uma poderosa explosão na superfície solar, à bordo do telescópio espacial SOHO, um dos doze instrumentos científicos, registrou a presença de um um objeto não identificado com forma de pirâmide. Um objeto enorme, muito próximo de nossa estrela, uma imagem original que mostra que este objeto parece sólido, talvez metálico. Observe-o detidamente e considere o que poderia ser este corpo piradimal, que por sua proximidade com o Sol possivelmente tenha dimensão de milhares de quilômetros. Também se observa que reflete a luz do Sol.

Esta imagem foi obtida com um instrumento chamado EIT, em órbita com o SOHO. Se trata de um telescópio de imagens em Ultravioleta extremo. O telescópio está focando a distância em que se encontra o Sol, a 150 milhões de quilômetros. O Sol tem um diâmetro de 1 milhão e 300 mil quilômetros, de maneira que ao observar o objeto piramidal também enfocado, e se ele se localiza muito próximo do Sol, suas dimensões devem ser,  pelo menos,  entre 1.000 e 10.000 quilômetros. Observe novamente em detalhe este que é considerado um OVNI piramidal. Na NASA, sua origem ainda não foi explicada.

Consultando os arquivos de Tercer Milenio, nos recordamos do mistério do OVNI pirâmide que apareceu em 17 de Julho de 2010, em Taiwan, durante uma tempestade elétrica, que era transmitida na televisão local. Em câmera lenta, observe cuidadosamente como a silhueta do objeto piramidal aparece justo quando há uma descarga elétrica. De que se trata? Como explicar a presença de um objeto desconhecido nestas condições extremas? Da mesma forma, como entender a aparição de uma enorme pirâmide muito próxima do Sol, sem que esta aparentemente sofra dano algum? O telescópio espacial SOHO, que observa permantemente o Sol desde 1.995, nunca havia registrado antes a presença de um objeto piramidal como este. Em 8 de Novembro de 2010, às 11 horas, horário do SOHO, o coronógrafo com filtro vermelho também à bordo, registrou este objeto muito luminoso, que durante alguns segundos, inexplicavelmente apareceu na imagem. Observe-o detidamente. Dificilmente se trata em um defeito na tomada de imagem. Pelo contrário, este objeto não identificado surpreendeu aos científicos que manejam o SOHO.

Existem outros antecedentes de objetos não identificados muito próximos do Sol. Os telescópios gêmeos da Nasa, na missão STEREO, registraram em 18 de Janeiro de 2010, às 5 horas 36 minutos e 2 segundos, horário à bordo dos STEREO, estes enormes objetos esféricos, aparentemente metálicos. Observe-os com detalhe. Nota-se que refletem a luz do Sol. A NASA, longe de explicar o que são estes objetos, retirou de seus arquivos as imagens originais, que nós mantivemos salvas.

Astrônomos como o Dr. David Sivich da NASA, sabem que existem portais magnéticos entre o Sol e a Terra, portais nos quais o material solar viaja quase de maneira instantânea até a Terra. Esta porta magnética que aparece a cada 8 minutos sobre o Equador terrestre, nos leva a considerar a possibilidade de que estes objetos utilizam o Sol para viajar no espaço.

Créditos: NASA

Créditos: NASA

Com respeito a autenticidade destas imagens, não cabe a menor dúvida. Foram obtidas com o telescópio espacial SOHO. Os objetos misteriosos observados muito próximos do Sol, por enquanto, não têm explicação.


________________________________________________________________________________________

Créditos: Tercer Milenio / Jaime Maussan / Fernando Correa

Transcrição e Tradução: Exopolitics Brazil